terça-feira, 3 de agosto de 2010

DE ASSUNÇÃO PARGA - Maranhão

DESCENDÊNCIA
Pais de Mariana Clara de São José de Assunção Parga
Avós de Miguel Ignácio Ferreira
Bisavós de Fernando Luís Ferreira
Terceiros Avós de Joaquim Vieira Ferreira
Quartos Avós de Fernando Luis Vieira Ferreira
Quintos Avós de Joaquim Vieira Ferreira Netto
Sextos Avós de José Bento Vieira Ferreira
Sétimos Avós de Anamaria Nunes Vieira Ferreira

***
Origem da Família
O mais antigo do nome que encontramos foi um Afonso de Parga, nos idos de 1480, em Portalegre e nos anos de 91, em Santarém, Portugal.

27/02/1482: Chancelaria de D. João II, liv. 6, fol. 27: Contador de Portalegre
12/04/1482: Chancelaria de D. João II, liv. 2, fol. 70: Tabelião de Portalegre
13/12/1482: Chancelaria de D. João II, liv. 2, fol. 68: Perdão
21/11/1491: Chancelaria de D. João II, liv. 7, fol. 96: Tabelião de Santarém


O mesmo Afonso Parga é citado no romance
“Os Tripeiros: Romance Crônica do Século XIV”

Os tripeiros: romance-chronica do seculo XIV de Antonio Coelho Lousada - 1859 - 163 páginas
O alcaide de Monsaraz desembocava no pateo, acompanhado de Affonso Parga, vindo do lado da casa do capitulo. Entre os raesteirães entrados na portaria...

Ainda em Santarém temos um Diego Parga Abrantes:

O capitalismo monárquico português, 1415-1549: contribuiçilo para o estudo...‎ - Página 203 de Manuel Nunes Dias, Universidade de Coimbra Instituto de Estudios Históricos Dr. António de Vasconcelos, Instituto de Estudos Históricos Dr. António de Vasconcelos – 1963
... Rodrigo Alvares Lagos — 85.000 — Fernao Ferreira Ponte de Lima 193.000 — Diego Parga Abrantes 30.000 — Duarte Roiz... Comunas de Santarém 96.000 João


1. MANOEL JOSÉ DE ASSUNÇÃO PARGA. Capitão de Infantaria. Nascido por volta de 1720, em Portugal.

O apelido Parga existe ainda com vigor nos dias de hoje em Santarém. Em Famalicão, encontramos Isaura da Silva Parga, nascida por volta de 1889 e casada, em 2 de Agosto de 1912, em Guimarães, com Eduardo da Silva Gião. É comum na Espanha e nos países colonizados por espanhóis.
Capitão da Infantaria do Maranhão:
Mesmo sem o Parga, acreditamos que possa ser ele pela data e lugar.

Torre do Tombo
Manuel José da Assunção
29 de Dezembro de 1759
Registo Geral de Mercês, D.José I, liv.14, fl.255
Carta Patente. Capitania de Infantaria de Maranhão
Casado, por volta de 1740, com ANTONIA MARIA CLARA DE ANDRADE. Nascida por volta de 1720.

Possibilidades
Em 4 de Agosto de 1733, um Manuel Fernandes de Andrade, Tenente da Fortaleza de Itapecuru, fez dois ofícios ao Conselho Ultramarino (Ahu-Acl-Cu 009 – Caixa 20 – Doc. 2096).

Foram Pais de:

1.1 Mariana Clara de São José de Assunção Parga, que segue.

1.2 Balthazar José de Assunção Parga. Fazendeiro em Itapecuru. Mercê de Carta de Sesmaria em 8 de Novembro de 1786 com terras em Itapecuru.

Citação
Raimundo was not the only one in his family to receive the emperor’s benefits: in 08.11.1786, a Letter of Sesmaria had been emitted for Balthazar José de Assumpção Parga, conceding to him and his “ascendants and descendants” lands in Itapecuru. My point here is to demonstrate that, while Valeriana and other slaves were combining their multiple forms of gender relations, weaving their network throughout different fazendas, negotiating the construction of their families and village through relations with different slaves and masters, the white Pargas were also establishing their own family. Differently than the village where privileges in accessing the land were relativized by the collective appropriation of the land as a common resource, and powers were negotiated through different forms of gender relations, the Pargas were using marriages and compadrios to concentrate the wealth and power among themselves. Through relations with the royal family and the colonial authorities, in one way or another, the white Parga family constituted itself, and did so as recipients of patentes and owners of lands and slaves in the Mearim valley

Documents about the Parga family in the Arquivo Público do Estado do Maranhão
APEM and the Land Institute of Maranhão
ITERMA were obtained through professor Cynthia Carvalho, with support and transcriptions by Maçude Cardoso Salgueiro

Casado com Desconhecida, teve pelo menos o filho Manoel João, dotado por Alexandre Ferreira da Cruz, marido de sua tia Mariana Clara de São José, Meus 6ºAvós.

2. MARIANA CLARA DE SÃO JOSÉ DE ASSUNÇÃO PARGA casada com ALEXANDRE FERREIRA DA CRUZ, Patriarcas da Família Ferreira, do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário